Educação de Várzea Grande entra em Greve dia 13 de maio






Greve nas Escolas Municipais de Várzea Grande - Os servidores da área de Educação de Várzea Grande voltam nesta segunda-feira (13.05) a cruzar os braços e decretar uma nova greve no município. A medida atingirá 22 mil alunos do município.


Cerca de dois mil professores da rede de ensino municipal de Várzea Grande, deflagram greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (13.05).

Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso, subsede Várzea Grande (Sintep/VG), Gilmar Soares, o movimento de greve já estava definido e inicia nesta segunda por tempo indeterminado.

A categoria está indignada pela forma como vem sendo tratada pela administração municipal, segundo eles, a atual gestão deixou de lado a classe e não está atendendo as reivindicações.

Vale lembrar que em abril, o prefeito Walace Guimarães (PMDB), encaminhou dois projetos de leis que visam atender interesse de três alas da educação, diretores de escolas, gerentes de Educação Infantil (CMEI) e dos coordenadores da rede municipal, no entanto, a matéria agraciou apenas uma “minoria” da categoria ocasionando uma “bagunça” generalizada no setor da educação.

Reivindicações da categoria - Um dos pontos principais das reivindicações dos servidores da educação é a revisão do Plano de Carreira e Revisão do Enquadramento dos servidores da Educação de 2010.

A categoria cobra ainda, a manutenção na infraestrutura das escolas, alimentação escolar, o pagamento do adicional noturno dos vigias previstos na legislação trabalhista e o subsídio mensal das servidoras gestantes e o piso salarial.  Fonte: VG Notícias

Gostou? Compartilhe:

Um comentário:

  1. Eeee doutor walace queria tanto ser prefeito iai

    ResponderExcluir