Crise na campanha de Lucimar Campos: Grafitte e outros 13 desfilian do DEM



Eleições 2012 em Várzea Grande MT - O empresário Wilson Oliveira, conhecido como Wilson da Grafite, anunciou há pouco que oficializou na tarde desta quita-feira, 12, sua desfiliação e de mais 13 membros entre integrantes da Executiva Municipal e delegados .

Descontente com a atitude do cacique do partido, ele desabafa: “ Estou deixando a sigla, após 16 anos de fidelidade por entender que Várzea Grande necessita de projeto político futurista, que a cidade cresceu e avança, não é o quintal da casa deles” afirmou o empresário.

A desfiliação em massa já havia sido anunciada, porém Grafite acreditava no cumprimento da promessa, de que seria o candidato do DEM à sucessão municipal de Tião da Zaeli.

Visivelmente decepcionado, Grafite explica que não vai apoiar nenhum candidato a prefeito e pretende concentrar esforços em eleger vereadores.

Para o ex-delegado do DEM, Clóvis Rosa, que acompanhou, Grafite na desfiliação os Campos precisam entender que o partido não é propriedade da família do senador.

Filiado desde 2008, Rosa explicou  que trabalhava no grupo formado pelo empresário desde o antigo PDS, e que fazia uma trabalho para fortalecer o nome de Wilson para a disputa em 2012, segundo o líder este era um acordo feito em 2008 com Grafite e Jaime Campos.

“ Estamos saindo pois não temos poder decisão, alias nossa opinião nunca prevaleceu, nunca fomos respeitados” desabafou Clóvis.

Já Dito Boy, liderança comunitária da região do Parque do Lago, que militava no partido desde 2006, explicou que estão sempre puxando o tapete dos demais membros do partido, todos os acordos não são cumpridos, e ressalta a falta de preparo da candidata democrata para concorrer ao pleito.

“ Ela (Lucimar), fez uma reunião com líderes comunitários e não sabia o nome dos bairros, dos presidentes e ainda errou o nome do secretário de Obras na gestão de Jaime com prefeito, isto é um absurdo, ela não conhece nada, não está preparada para governar uma cidade”, relatou Boy.

Grafite não compareceu a convenção do partido no Hotel Hits Pantanal, no dia 30 de junho e os rumores sobre o rompimento do , com o senador Jaime Campos eram comentados por toda cidade. Fonte: VGNews

Gostou? Compartilhe:

Um comentário:

  1. É bom que todos entendam que 2012 é a grande oportunidade da verdadeira mudança em Várzea Grande.

    Ela só acontecerá com a eleição de Tião da Zaeli a prefeito, pois só ha 4 anos entrou na político a pedido do então governador Blairo Maggi, e não por imposição.

    Além disso só não abandou o posto de vice, como fez o finado Nico Baracat, por comprometimento com o povo de Várzea Grande, aos poucos está implementando mudanças estruturais, porém, devida a má gestão nos últimos 50 anos, não se faz muita coisa em pouco tempo.

    Só um exemplo, 60% dos imóveis da cidade são irregulares, não tem nem pode fazer escritura pois, ou são frutos de invasões ou de loteamentos irregulares autorizados pela prefeitura e prefeitos sem compromisso com a qualidade de vida e o desenvolvimento.

    ResponderExcluir