PT e PMDB unem em Cuiabá com Lúdio candidato a prefeito e Faiad a vice

Eleições 2012 em cuiabá - A executiva municipal do PMDB decidiu, agora há pouco, formar uma composição com o PT, em apoio à candidatura do vereador Lúdio Cabral a prefeito de Cuiabá.

A decisão foi confirmada pelo presidente do partido, Clóvis Cardoso, e pelo ex-vereador Totó Parente.

O dirigente antecipou a escolha do nome do advogado Francisco Faiad, para ser o candidato a vice-prefeito.

A composição ainda terá a participação do PC do B.

O então pré-candidato do PMDB a prefeito, Totó Parente, em entrevista, ironizou a chapa encabeçada pelo empresário Mauro Mendes (PSB) e que terá como vice um nome do PR, fato que inviabilizou seu projeto eleitoral.

"Eles formaram a 'chapa dos milionários' e nós, o time da força popular, apoiado pelo Governo da presidente Dilma Rousseff e pelo ex-presidente Lula", afirmou, referindo-se à fortuna de Mendes e do senador Blairo Maggi (PR).

Parente garantiu que dará apoio incondicional a Faiad, durante a campanha.

"Eu nunca disse que seria candidato a vice. Se não posso ser candidato a prefeito, o melhor que eu posso fazer é apoiar o Faiad", completou.

Em contato telefônico com a reportagem, o advogado Faiad disse que estava no apartamento do governador Silval Barbosa, no momento, para fechar justamente a indicação do seu nome como vice de Lúdio.

Temer no palanque e Dilma na TV

O presidente municipal do PMDB, Clóvis Cardoso, revelou que o governador Silval Barbosa foi quem deu a última palavra no sentido de se fechar um acordo entre os dois partidos.

Para ele, isso representa a garantia de que o próprio governador vai participar diretamente da campanha eleitoral.

Além disso, segundo Cardoso, o vice-presidente da República, Michel Temer, foi consultado sobre a aliança e se comprometeu a vir a Cuiabá para participar da campanha.

Segundo ele, a candidatura de Lúdio e Faiad também terá a presença do ministro do Esporte, Aldo Rebelo (PCdoB). A presidente Dilma Rousseff irá participar da propaganda eleitoral no rádio e na TV, pedindo votos para a aliança.

"Esse é o bloco da defesa do VLT e das obras da Copa do Mundo, da defesa dos governos de Dilma e Silval", completou Clóvis Cardoso.

O governador Silval Barbosa é aguardado na AMM, para fazer o anúncio oficial da aliança entre PMDB e PT.  Fonte: Midia News

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário