Eleições 2012: Políticos articulam lançar filho de Nico Baracat a vice de Lucimar Campos

Da esquerda para direita, Flávio Vargas e Kalil Baracat

Quem viu Júlio e Jaime Campos sempre ao lado da mãe de Nico Baracat, professora e ex-prefeita Sarita Baracat, desde a hora que confirmou a morte do filho e quase todo período do velório podia e disseram, que belo gesto de solidariedade. Mais quando temos conhecimento do que está se tramando nos bastidores do política de Várzea Grande, apenas dois dias após o seu enterro, pode-se dizer que o velório foi um tempo fértil para tentar desconstruir, mais uma vez, a candidatura do deputado Wallace Guimarães a prefeito de Várzea Grande.

Novas movimentações no PMDB de Várzea Grande poderão mudar os planos da agremiação desenhados até agora, para as eleições de 2012. Corrente interna, ligada ao ex-secretário das Cidades Nico Baracat, deu início a “avaliação” sobre possibilidade de lançar seu filho Kalil Baracat no processo eleitoral deste ano.
Fonte revela consulta feita ao senador Jaime Campos (DEM) de integrantes de grupo político ligado à família de Nico, sobre a chance de o PMDB se unir ao Democratas. Nesse caso, Kalil é aventado para ocupar função de vice no projeto próprio do DEM, que deverá projetar a ex-primeira dama Lucimar Sacre de Campos na disputa à Prefeitura.

A morte de Nico Baracat, na sábado (16), promoveu comoção interna no PMDB. Familiares defendiam o nome de Nico para a disputa ao comando da cidade. Com a fatalidade, deu-se início a conversações sobre a chance de lançar Kalil no embate eleitoral, projetando na imagem dele a luta de Nico para promover melhorias na gestão pública. A mãe de Nico, Sarita Baracat, primeira prefeita eleita no município, nunca escondeu a vontade de ver o filho à frente da administração. Advogada e professora, é uma crítica da atual gestão.

Em que pese as movimentações estarem ainda no campo das análises e manifestações sigilosas, os contornos levariam por terra o projeto do deputado estadual, Walace Guimarães, de pleitear a prefeitura. Fonte também revela que o senador Jaime prefere não comentar o assunto, em respeito à família e ao partido. No DEM, existe sentimento de que se houver mudanças no projeto do PMDB, cabe ao próprio partido decidir. O Democratas, por sua vez, se coloca à disposição das agremiações para entendimentos. Jaime vem coordenando as estratégias para a construção da chapa majoritária. Por outro lado, Walace também tem feito fortes investidas nas costuras políticas para concretizar aliança coesa na cidade. Fonte; A Gazeta

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário