Prefeito Madureira diz que tem gente "urinando que nem cachorro"

O prefeito em exercício João Madureira (PSC) acabou "explodindo uma bomba" em Várzea Grande nesta sexta, ao fazer denúncias em entrevista nesta sexta-feira, 11 de março. Ele disparou sua metralhadora para todo lado. Apontou mais de 2 mil fantasmas na prefeitura, supersalário pago a uma faxineira e diz que há médicos que não comparecem ao trabalho, além de revelar outras irregularidades. A repercussão foi imediata. Madureira passou a ser "assediado" pelos veículos de comunicação. Agora, ele se vê acuado por causa das declarações bombásticas. Vai ser intimado pelo Ministério Público a prestar esclarecimentos em investigações que serão abertas contra a administração.

---------------------------
"Tem gente que vai preso. Tem gente
que está urinando que nem cachorro"
---------------------------
João Madureira

Perguntado pela jornalista Laíce Souza do porquê ter dispensado a maioria dos secretários da gestão Murilo Domingos, que está afastado pela Câmara Municipal pelo período de 180 dias, Madureira observou que muitos deles estão comprometidos com esquemas de irregularidades e, diante disso, preferiu exonerá-los. Sem rodeios, o prefeito disparou: "Tem gente que vai preso. Tem gente que está urinando que nem cachorro". Há exato uma semana à frente do Paço Couto Magalhães, ele avisa, numa referência aos problemas administrativos "herdados", que não vai "segurar pepinos" e nem "rabos" de ninguém. Fonte: RDNews

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário