Justiça manda interditar a Cadeia Pública de Várzea Grande

Presídio de Capão Grande tem capacidade para 190 detentos e abriga quase 300
  • O juiz Abel Balbino Guimarães, responsável pela 5ª Vara Criminal de Execução Penal, decidiu, no final da tarde de terça-feira (31), interditar parcialmente a Cadeia Pública de Várzea Grande (Presídio do Capão Grande), no bairro Colina Verdejantes.

    De acordo com informações, Abel Balbino constatou superlotação no presídio várzea-grandense, já que a local abriga mais de 300 reeducandos, sendo que sua capacidade máxima é de pouco mais de 190, em três blocos com 24 celas. O fato vem se arrastando praticamente desde a inauguração da cadeia, no final de 2002.

    O magistrado determinou que todos os presos que tenham sentença condenatória transitada em julgado, sejam imediatamente transferidos para outros presídios. Esse procedimento terá continuidade até que o número de presos seja reduzido na cadeia de Várzea Grande. Fonte: MidiaNews

Gostou? Compartilhe:

Um comentário:

  1. são presos e não animais não to falando pra dar boa vida mas ñ precisa serem tratados dessa forma muita coisa deveria ser mudado pois os policias passam drogas para dentro,e fica cantando mulheres de presos são mulheres de presos e não ker dizer q merecem ser tratadas como qualquer uma merecem respeito.

    ResponderExcluir