Eleições 2008 em Várzea Grande: Pesquisa Ibope mostra que eleição ainda está por definir


Ibope diz que Júlio venceria com 49%

Candidato à reeleição, o prefeito Murilo Domingos tem 23% das intenções de votos contra 8% do peemedebista Nico Baracat


O ex-conselheiro do TCE Júlio Campos (DEM) lidera a corrida eleitoral para a prefeitura de Várzea Grande. É o que aponta nova pesquisa realizada pelo Ibope na Cidade Industrial. Segundo os números do instituto na modalidade estimulada, se as eleições fossem hoje Júlio Campos venceria com 49% dos votos.


A segunda colocação ficaria com o atual prefeito Murilo Domingos (PR), que aparece com 23% das intenções. Já o candidato peemedebista Nico Baracat teria 8%.



A pesquisa foi realizada entre os dias 1 e 3 de agosto, período em que 602 eleitores foram entrevistados. Registrado na 20ª Zona Eleitoral de Várzea Grande sob o número 24/08, o levantamento tem intervalo de confiança de 95% e margem de erro estimada em 5 pontos percentuais, para mais ou para menos.



A pesquisa também levantou o índice de votos brancos e nulos, que chegam a 9%. Os indecisos ou que não opinaram chegam a 10%.


O Ibope também mensurou a intenção de votos na modalidade espontânea, aquela em que o eleitor responde sem ser apresentado a um cartão com o nome dos candidatos. Também nesta modalidade, Júlio Campos aparece em primeiro lugar com 36% das intenções. Murilo Domingos vem atrás, com 18%. Apesar de estar fora da disputa, o deputado estadual Wallace Guimarães é citado por 4% dos eleitores, o mesmo patamar de Nico Baracat.


O Ibope também avaliou o quesito potencial e rejeição de voto. Dos entrevistados, 71% disseram que votariam com certeza ou poderiam votar em Júlio Campos. Outros 28%, no entanto, disseram que não votariam no ex-conselheiro. Um por centro não conhece Júlio ou não soube responder ao questionário.


No mesmo quesito, 48% disseram que votariam com certeza ou poderiam votar em Murilo Domingos. Mas 49% responderam que não votariam no atual prefeito. Dois por cento não o conhecem ou não souberam responder.

Com relação a Nico Baracat, 46% dos várzea-grandenses afirmaram que votariam com certeza ou poderiam votar. Já 46% responderam que não votariam em Nico. Outros 8% não o conhecem ou não souberam responder à pergunta.


A disputa em Várzea Grande ganhou novo contorno pelo fato de não ter programa eleitoral gratuito na televisão. Os candidatos não recorreram em tempo hábil à Justiça Eleitoral para pedir o espaço.

Fonte: Diário de Cuiabá

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário