Eleições 2008 em Várzea Grande, candidatos vão gastar R$ 6,8 milhões



Candidatos a prefeito prevêem gastar R$ 6,8 mi



Os 3 candidatos a prefeito de Várzea Grande estimam gastar juntos R$ 6,8 milhões, apesar das grandes estruturas de campanha que já montaram. A previsão está registrada na Justiça Eleitoral. A maior despesa entre eles é do prefeito Murilo Domingos (PR), que resolveu concorrer a um novo mandato. O republicano calcula que os gastos devam chegar a R$ 2,5 milhões. Murilo fechou aliança com 5 partidos (PR, PSB, PPS, PMN e PHS). Tem como vice o empresário Sebastião Gonçalves, o Tião da Zaeli (PR).

O ex-governador Júlio Campos (DEM) prevê "investir" R$ 2,3 milhões nos três meses de campanha. Irmão do senador Jaime Campos, Júlio colocou na coordenação da equipe vários políticos e ex-secretários tanto do município quanto do Estado. Aglutinou 14 partidos, entre eles DEM, PP, PTN, PSDC e PTB. A vice da chapa é Mara Rúbia Leite (PP), esposa do deputado estadual Maksuês Leite.

Correndo por fora, o vice-prefeito Nico Baracat, rompido com a administração há mais de um ano, concorre pelo PMDB. Ele revelou à Justiça Eleitoral que deve gastar até R$ 2 milhões na campanha. Baracat tem respaldo de 5 siglas (PMDB, PT, PT do B, PC do B e PSDB).



Autor: RDNews



Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário