Fazenda de Jaime Campos em Alta Floresta é embargada


A divulgação da lista com todas as áreas embargadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deixou muitos políticos de Mato Grosso em maus lençóis. Na relação figura propriedade do senador e pecuarista Jaime Campos (DEM). Está em Alta Floresta. Possui 1.205 ha. Também aparece uma fazenda do grupo Amaggi Exportação e Importação - veja aqui. Madeireiros e fazendeiros que foram investigados durante a operação Mapinguari, no início do ano passado, também estão na lista. São os casos de Ivo e Ilton Vicentini, ambos com propiedades em Feliz Natal. O Sindicato dos Produtores Rurais de Novo Mundo também entrou no embargo.

A lista mostra 397 embargos ocorridos desde janeiro do ano passado. Os impedimentos aconteceram como medida punitiva para aqueles que “abrigam atividades ilegais contra o meio ambiente". A ação cumpre exigência do Decreto 6.321, de 21 de dezembro de 2007, e da Instrução Normativa do Ministério do Meio Ambiente 001, de 29 de fevereiro deste ano e que vem tirando o sono de produtores do Estado.

O decreto exige recadastramento das propriedades, estende à cadeia produtiva a responsabilidade sobre o crime ambiental, reforça a importância do embargo de área com atividades ilegais contra o meio ambiente e determina divulgação das áreas embargadas pelo Ibama.

O Ibama lançou na quarta (2) o sistema consultas on-line de áreas embargadas. Para fazer a pesquisa, basta acessar o site www.ibama.gov.br e localizar o ícone áreas embargadas
Fonte: RD News

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário